quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Séniores e Juniores - Jogos Treino

Com o começo do campeonato marcado apenas para o final de Novembro e com a equipa Sénior a entrar apenas em competição a 1Dezembro, surgiu a necessidade de se marcar mais alguns jogos-treinos para além do que estava programado, sendo assim esta quinta-feira 1Novembro a equipa sénior desloca-se a Sousel para jogar contra a equipa local a Associação Soujovem.
A equipa Junior realizou um jogo esta quarta-feira frente aos Juvenis do Sport Cabeção e Benfica, vencendo por 4-0.
Sousel
Quinta, 1Novembro, 15h
Associação Soujovem - Núcleo Futsal SIMM
 
FORÇA E GARRA
 


Balanço Pré-época 2012/2013

Terminada a pré-época, é hora de realizar um pequeno balanço da mesma. Esta iniciou-se no dia 4 de Setembro e terminou no passado sábado com o jogo UDCB - SC Figueirense. Os resultados foram os seguintes:

UDCB
3 - 0 Dragões Padre Nabeto
Despertar SC (Juniores) 2 - 2 UDCB
UDCB
2 - 0 AC Cuba (I Torneio Triangular do UDCB)
UDCB
1 - 1 Louredense FC (I Torneio Triangular do UDCB)
CP São Matias 3 - 1 UDCB (XII Edição Troféu Município de Beja)
FC Albernoense 1 - 0 UDCB (XII Edição Troféu Município de Beja)
GDCP Quintos 0 - 2 UDCB (XII Edição Troféu Município de Beja)
GDC Neves 1 - 1 UDCB (XII Edição Troféu Município de Beja)
SC Figueirense 1 - 1 UDCB
UDCB
2 - 0 SC Figueirense
A nossa equipa realizou 10 jogos marcando 15 golos e sofrendo 9. A nossa equipa conseguiu 4 vitórias, 4 empates e 2 derrotas. Relativamente aos marcadores, Rafael Xavier e Artur Mira ocupam o cimo da tabela de marcadores com 3 golos cada um, seguidos do Diogo Ferro, Afonso Santos e Ivo Viriato com 2 golos e do Diogo Pimentinha e do Luís Martins com apenas 1 golo.

A nossa equipa conquistou o I Torneio Triangular realizado pelo Clube mas rubricou uma participação modesta no Troféu Município de Beja onde nos dois anos anteriores tinha obtido um 2º e um 3º lugar.

Qual o balanço que faz desta pré-temporada? Positiva ou negativa?

 

Seniores: Reforços 2012/2013

O Sport Clube Odemirense garantiu mais um reforço para o plantel sénior, trata-se do defesa central Cabo-verdiano Zuca Lima, que na época passada representava o GD Renascente. Mais uma solução para o Treinador Nuno Luz para a presente temporada.


IP Beja com dois reforços garantidos!

Após o inicio de campeonato menos conseguido por parte da formação do IP Beja, a equipa que agora e liderada por João Lourenço,  ja assegurou a aquisição de dois novos jogadores tendo em vista a participação destes no Campeonato Distrital de Futsal.
O primeiro reforço é um jogador que na passada temporada representou a equipa da Associação de Surdos de Beja, falamo-vos de Pedro Santos.
O outro reforço curiosamente também se chama Pedro Santos, mas este ao contrario do anterior ainda nunca praticou esta modalidade, embora tenha alguma experiencia apenas em Futebol de onze, sendo que representou a formação do Salvada no Campeonato do Inatel.
Serão estes para já os reforços do IP Beja, dois jogadores que estudam na instituição e que desta maneira irão envergar a camisola da equipa dos estudantes.

3ª Edição Boletim Desportivo


Saiu hoje a terceira edição do Boletim Desportivo onde poderá acompanhar o rescaldo do último fim-de-semana desportivo das nossas equipas. Nesta edição, o destaque vai para a entrevista ao nosso capitão da equipa de futebol 11, Vitor Teigão. Poderá encontrar o jornal pelos estabelecimentos comerciais de Viana do Alentejo ou nos dias dos jogos do nosso clube.
Sporting de Viana mais perto de ti…..

Calendário - Série A


Calendário - Série B


Calendário - Série C


Calendário - Série D


Calendário - Série E


Calendário - Série F


Calendário - Série G


Promessa, mas ... Falhada!


No Sorteio do Campeonato Distrital da Fundação Inatel 2012/2013 foi garantido a todos os clubes que vão iniciar a sua participação no campeonato já este fim-de-semana que iriam receber no dia seguinte (5ª Feira passada) o Calendário da Época Desportiva da presente temporada, mas ... isso não aconteceu!
Tem sido muitos os pedidos feitos ao Administrador do Blogue, mas até agora não foi possivel apresentar esse documento, pois a Fundação Inatel até hoje ainda nada enviou aos CCD's!

Vamos tentar de alguma forma que todos possam a vir a receber essa informação para organizarem as suas temporadas.

Campeonato Nacional de Iniciados Série G

Despertar S. C. 4 Vs. F. C. São Luís 1

alt


Esta foi a 1ª vitória do Despertar em casa no campeonato nacional de iniciados e a terceira no total, e contra uma equipa que tal como o Despertar luta pela manutenção neste momento, como tal, esta foi uma importante vitória tendo em conta essa mesma disputa.

O jogo começou muito bem para os da casa que com uma atitude dominadora encostaram o S. Luís à sua baliza, e cedo (6 min.) chegaram à vantagem com um grande remate do Nuno Almeida de fora da área. A equipa da casa continuava a dominar e um pouco contra a corrente do jogo sofreu um golo (14 min.) depois um deslize de Diogo Soudo na grande área. Depois do golo marcado a equipa visitante surgiu melhor no jogo mas sem criar muito perigo aos da casa. Aos 29 minutos após cobrança de canto, Zé Diogo colocou novamente o Despertar em vantagem. Ao intervalo saíram Bruno Palma, Miguel Valentim e Sebastião Néné para as entradas de Jorge Belchior, Diogo Parente e Rodrigo Amaro.



A 2ª parte foi totalmente dominada pelo Despertar que foi sempre uma equipa com mais bola e que criou mais perigo ao adversário. Resultante desse domínio o Despertar fez mais dois golos na 2ª parte, Nuno Almeida aos 41 minutos com mais um remate de fora da área e Rodrigo Amaro aos 59 minutos com uma jogada corrida pelo lado esquerdo só teve que encostar perante o Gr.

Vitória justa da equipa da casa.  



ONZE INICIAL:

1 - JOÃO SERRA

2 - SEBASTIÃO NÉNÉ

3 - GONÇALO FRADINHO

4 - DIOGO SOUDO

5 - MARCO CASTILHO

6 - NUNO ALMEIDA

7 - JOAQUIM SILVA

8 - JOSÉ DIOGO CARVALHO

9 - BRUNO PALMA

10 - PEDRO SECO (C)

11 - MIGUEL VALENTIM



Jogaram ainda

14 - TOMÁS ROMÃO

15 - VASCO CAÇOILA

16 - DIOGO PARENTE

17 - RODRIGO AMARO

18 - JORGE BELCHIOR
Fonte:  http://www.despertarsc.pt

Campeonato Distrital de Infantis - Série "A"

Despertar S. C. 5 VS D. F. Vasco da Gama 0

alt


A equipa do Despertar comandou o jogo do 1º ao último minuto. Foi superior em todos os aspetos e conseguiu através de jogadas, resultantes de acertos no passe e receção, marcar por 5 vezes.
Os jogadores presentes neste jogo demonstraram ao treinador que estão a evoluir e que podem ser agradáveis surpresas ao longo da época.
Próximo jogo, sábado em beja, pelas 10h30m com o Núcleo Sportinguista de Beja.
Fonte:  http://www.despertarsc.pt/

Elvas CAD é a equipa da semana. Reportagem de O JOGO

O jornal O JOGO esteve esta terça-feira no Alentejo, para uma reportagem no Elvas CAD, considerada pelo desportivo nacional como a equipa da semana. Um trabalho do jornalista Pedro Miguel Azevedo, publicado na edição desta quarta-feira e aqui transcrito na íntegra.

Olhar para cima
Com aposta total na formação, o Elvas quer subir de escalão e, de alguma forma, gritar que aquele símbolo do Alentejo dos anos 40 e 80 está bem vivo.

Elvas, cidade alentejana com Badajoz à vista, respira futebol e orgulha-se da sua equipa, nascida em 1947 da indiferença de Benfica e Sporting. O SL Elvas, então primodivisionário e os Elvenses eram, respetivamente, filiais de águias e leões, mas o pouco apoio destes levou à rutura. E a uma união de adeptos rivais, sob uma mesma bandeira, que representava o orgulho da região. Com cinco presenças na I Divisão, “O Elvas” – com ênfase em “O”, de único – não anda no topo desde 1987/88, mas está a dar outras alegrias aos seus apoiantes. Na época passada desceu ao distrital da AF Portalegre, mas, agora lidera invencível com um saldo de 15-1 em golos, nos quatro jogos disputados. Apenas uma etapa rumo à subida, para o presidente Joaquim Santos, anfitrião de O JOGO após a goleada frente ao Portus Alacer (0-5).

“Queremos subir e foi com esse intuito que começámos a época”, assume o dirigente que, para o futebol profissional, tem um orçamento a rondar os 50 mil euros, quantia que tem de esticar toda a temporada para cobrir as deslocações dos atletas. Quase todos os jogadores foram formados no clube elvense de nascimento – o plantel só tem dois espanhóis – e a formação é a imagem de marca do emblema. 218 jovens praticam futebol nas instalações pertencentes ao município de Elvas – o clube também tem basquetebol de formação dos 10 aos 14 anos -, entidade que “apoia todo o futebol amador, com verbas e equipamentos”, conta Joaquim Santos.

Já o treinador, também ele elvense e entusiasta da formação, acredita que o trabalho feito permitirá o clube subir. “ Conheço estes jogadores bem, os seus perfis psicológicos e formamos um grupo homogéneo. Há mais quatro ou cinco equipas fortes, mas somos candidatos”, diz Manuel Henriques.

Que ninguém se meta com ele
Lourinho é baixo, mas é explosivo
Um avançado pode ser baixo e, mesmo assim, marcar muitos golos? Claro que sim, há inúmeros casos assim e Lourinho, o goleador do momento no Elvas, é bom exemplo disso. Para já, assinou seis dos 15 golos da equipa no campeonato, facto que até o próprio reconhece ser algo invulgar. “Não costumo marcar muitos golos, até porque sou extremo…Mas sou rápido e apareço isolado na área. Também remato bem com os dois pés, embora seja destro. Cabeça? Hum, isso é que é pior”, admite com um sorriso o pequeno atacante que, mesmo assim, tem feito a diferença. Aos 29 anos e funcionário público de profissão, Lourinho confessa que não tem muitas ambições futebolísticas. Mas jogar numa liga acima, até podia ser bom, diz, ele que já jogou na III Divisão. “Aqui, nestes escalões (distrital), há jogadores sem noção do que o futebol e só dão porradas”, conta Lourinho, cujas canelas estão mais do que habituadas a sentir estas pancadas…

“Concluir projeto”
O presidente Joaquim Santos
Líder d´O Elvas apenas deste maio passado, Joaquim Santos tem uma ligação bem mais antiga ao clube do coração, no qual já havia estado durante cinco direções, como secretário-geral. O apelo do projeto de formação, em risco devido a um impasse diretivo, levou-o a dar um passo em frente. “Havia um projeto na formação para dez anos, por isso não podia deixá-lo cair. É da formação que vem noventa por cento dos nossos jogadores”, conta Joaquim Santos. Aos 67 anos, este homem da área imobiliária e técnico oficial de contas ainda dedica a maior parte do seu tempo ao Elvas, tentando que o clube alentejano se aproxime mais do seu passado de glória.

Já esteve na I Divisão
O treinador Manuel Henriques
A vida deste treinador até podia ter sido diferente na carreira de Manuel Henriques, ele que chegou a comandar o Campomaiorense na I Divisão (“orientei a equipa numa vitória em Paços de Ferreira quando o Carlos Manuel saiu”). Hoje, este professor de educação física, com 24 anos de carreira como treinador, admite que foi por culpa própria que nunca deu o salto. “Tive oportunidades de ir para equipas mais acima, mas optei por ficar cá…Se agora aparecesse uma boa situação? Quem sabe…”.

Capitão é eletricista
Rui Santos põe avançados na linha
Um eletricista a jogar como central é algo que poderia dar choque, pelo menos com os avançados contrários. Mas Rui Santos, capitão do Elvas, desmente que seja preciso bater muito para dar segurança a uma defesa que, em quatro jogos, só sofreu um golo. “Os avançados que têm menos qualidade aqui que, por exemplo, na III Divisão”, refere o defesa, de 31 anos.

Curiosidades
De I Divisão
O Elvas teve cinco presenças na I Divisão: três na década de 40 e duas nos anos 80. Os feitos mais relevantes foram os triunfos no Campo Grande, então casa do Benfica (47/48) e no Alentejo, frente ao FC Porto (48/49).

Renascer dos 80
Na taça de Portugal, O Elvas brilhou em 84/85: eliminou o Belenenses e forçou o Sporting a segundo jogo, após empate em Alvalade (0-0).

Glórias
Patalino, Palmeiro, Agatão, Soeiro, Ulisses Morais, Vítor Pontes, Basaúla, Sereno, José Soares, além do clã Vidigal, são alguns dos nomes de ex raianos que fizeram carreira no futebol nacional e não só.

Homenagem
O estádio onde joga o Elvas recebeu o nome da sua maior figura. Domingos Patalino, falecido em 1989

BI do clube
Fundação: 15 agosto de 1947
Estádio: Campo Domingos Patalino
Lotação: 10 000 lugares
Sócios: 800 (pagantes)
Equipamento: camisola azul com lista horizontal amarela, calções e meias azuis
Títulos: 1 campeonato da III Divisão (54/55); 9 campeonatos AF Portalegre (50/51; 51/52; 52/53; 54/55; 56/57; 58/59; 70/71; 01/02; 10/11; 1 Supertaça da AF Portalegre (01/02)


Fonte:  http://alentejoedesporto.blogspot.pt

Road TT Solidário. Angariados cinco mil euros para instituições de Portalegre

A Última ação do ano da iniciativa lançada pelo piloto Nuno Matos supera as melhores expetativas na véspera do arranque da Baja Portalegre 500. O dinheiro será entregue a três associações locais 

A dois dias de iniciar a sua participação na Baja Portalegre 500, a sexta e última prova do ano po
ntuável para o Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno (CPTT), Nuno Matos tem já motivos de sobra para se sentir orgulhoso, não tanto por qualquer conquista desportiva, mas antes pelo resultado alcançado em mais uma ação desenvolvida no âmbito do Tour TT Solidário.

Depois de percorrer o país de norte a sul, apoiando projetos sociais de proximidade da área geográfica onde se desenrolou cada uma das etapas do CPTT, o piloto de Portalegre bateu todos os recordes nesta última ação do ano, juntando cerca de cinco mil euros para entregar a três associações locais: Bombeiros Voluntários de Portalegre, CERCI Portalegre e Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental – APPACDM Portalegre. 

“O meu profundo agradecimento a todos os que apoiaram e participaram nesta iniciativa que, mesmo em tempos tão difíceis, conseguimos colocar em prática. Sempre disse que gostaria de terminar em grande e a resposta não poderia ter sido melhor, na medida em que superámos largamente o valor angariado em anteriores ações. Obviamente, tudo isto só foi possível graças ao entusiasmo que todas as instituições colocaram na angariação de publicidade, mas também por força da generosidade das muitas pessoas que tive o privilégio de navegar no último domingo. Foi um dia em cheio, mas extremamente recompensador para mim e toda a equipa”,
explica Nuno Matos. 

“Sabia à partida que não seria fácil concretizar esta iniciativa. Contudo, sempre foi minha convicção que é precisamente nestas alturas mais difíceis que a sociedade civil tem de se mobilizar e dar o seu apoio a quem mais precisa. Sabemos que não conseguimos resolver todos os problemas com esta campanha, mas tenho a certeza que estimulamos a intervenção de muitas pessoas e empresas na resolução de pequenos problemas locais. Só por isso, já valeu a pena”
, justificou o piloto que, no conjunto de todas as ações realizadas este ano, doou perto de 10 mil euros a instituições de solidariedade social.

Castigos AF Portalegre. Portus Alacer com três atletas suspensos

Filipe Florêncio - Condestável – 2 jogos suspensão
João Maltez – Alpalhoense – 2 jogos suspensão
Luís Paixão – Gavionenses – 2 jogos suspensão
Mário Moreno – Montargilense – 2 jogos suspensão
Vítor Hugo Saragoça – Portus Alacer – 2 jogos suspensão
Bruno Marmelo – Portus Alacer – 4 jogos suspensão
Mário Nanques – Portus Alacer – 2 jogos suspensão
Fábio Calhau – Fronteirense – 1 jogo suspensão
Fernando Martins (dirigente) – 15 dias suspensão e 50€ multa

Posted  by
Fonte:  http://alentejoedesporto.blogspot.pt/

Futsal. Benfica em digressão pelo Alentejo. Jogos em Portalegre, Elvas e Borba.

A equipa de futsal do Sport Lisboa e Benfica, campeã nacional e vencedora da Supertaça e Taça de Portugal, está em digressão pela região, com jogos marcados para várias cidades alentejanas.

Esta quarta-feira (31 outubro) a formação encarnada vai estar em Portalegre, para participar na 3ª edição do mini torneio de futsal, promovido pela Junta de Freguesia da Sé. A iniciativa decorre no Pavilhão Gimnodesportivo de Portalegre e conta com a participação das três equipas melhor classificadas no 15º torneio de futsal da Freguesia da Sé, realizado em junho.

Na quinta-feira (1 novembro) a comitiva das águias chega às 15.00 horas a Elvas e cerca das 16.30 horas realiza uma sessão de autógrafos, na Casa do Benfica de Elvas. Às 17.30 horas, participam num torneio de futsal com as equipas da Casa do Benfica em Elvas e Associação Desportiva da Belhó, a realizar no Pavilhão Desportivo Municipal de Elvas. Mais tarde, às 21.00 horas, jantar-convívio no restaurante "Sabores Gloriosos" - Casa do Benfica em Elvas.

No dia seguinte (2 de novembro) a equipa realiza um treino aberto ao público, no Pavilhão Desportivo Municipal de Elvas, e segue depois para Borba e Vila Viçosa.

Ainda na sexta-feira um encontro particular com a Casa do Benfica de Vila Viçosa. O jogo principia às 20.00 horas, no Pavilhão Gimnodesportivo de Borba. Antes disso a formação lisboeta vai estar na Casa do Benfica de Vila Viçosa para uma sessão de autógrafos, quando forem 18.00 horas. O dia termina com um jantar-convívio na Casa do Benfica calipolense.

Recorde-se que os encarnados já haviam estado, esta terça-feira, em Montemor-o-Novo. Num jogo de igual cariz bateram o Grupo União Sport por uns expressivos 10-0. Os golos foram apontados por Davi (5), Vítor Hugo (3), Nené e Fábio Oliveira. No Pavilhão Gimnodesportivo de Montemor-o-Novo, assistiram ao desafio cerca de 400 espetadores.


“As expetativas para a Baja Portalegre são elevadas"

O piloto natural de Rio de Moinhos (Borba) concedeu uma entrevista ao jornal E, de Estremoz, na qual projeta a 26ª edição da Baja Portalegre 500, que decorre de 1 a 3 de novembro.

O homem da Yamaha quer repetir a vitória do ano passado e assim entrar para a história da prova, com um recorde de cinco triunfos na “rainha do TT”, feito apenas conseguido por Filipe Campo (auto).

Jornal E - Expetativas para a Baja Portalegre? Como se sente depois de uma temporada menos positiva, principalmente devido à lesão no pulso? Está completamente debelada?
António Maio - As expectativas são elevadas e estou confiante num bom resultado, pois tenho trabalhado muito para estar bem para esta prova. Realmente este ano não está a correr nada bem, mas as corridas são mesmo assim. Isso não me está a afetar minimamente pois cada corrida é uma corrida. O pulso não está a 100 por cento mas está suficientemente recuperado para me ajudar a obter mais uma vitória nesta importante prova.

Acha que vai ser mais uma luta a dois, entre o António Maio e o Mário Patrão? Ou haverá mais pilotos que se podem intrometer?
Vão estar presentes outros nomes nacionais e atá internacionais do TT, e todos com capacidade para lutar pela vitória.

O facto de correr em terrenos que conhece pode ser uma vantagem para si?
Conheço os terrenos como todos conhecem, pelas provas anteriores, mas o fator casa é realmente muito importante.

Chuva ou terreno seco? 
Estou mais à vontade em terreno seco mas molhado torna-se mais divertido.

A moto teve alguns problemas técnicos na Baja Idanha-a-Nova. Está tudo resolvido?
A minha Yamaha já esta a 100 por cento.

É uma prova especial para si? Sente-se mais acarinhado?
Aí a importância do fator casa. Quando passamos por alguém que grita o nosso nome sentimos uma força extra que nos permite esquecer o cansaço.

Quatro vitórias para Maio e Patrão na Baja Portalegre. Quem vencer estabelece um novo record de vitórias. Está confiante ou esse facto poderá trazer maior pressão?
É óbvio que ambos queremos fazer história nesta prova, mas isso só faz com que me sinta ainda com mais vontade de vencer.

Se tivesse de optar pelo título nacional ou uma vitória na prova rainha?
Como costumo dizer, vale mais a vitória na Baja de Portalegre do que o campeonato. Existe muito mais reconhecimento e também porque toda a gente sabe quem venceu a Baja e nem toda a gente sabe quem vence o campeonato.

Fonte: http://alentejoedesporto.blogspot.pt

Futsal do SL Benfica joga em Évora



Jogadores Alentejanos - Coureles


José Lanita Romeiro
28/4/37 - Vila Nova de São Bento
Médio

53/54-Aldenovense---------jun.
54/55-Aldenovense---------Dist.
55/56-F.C.Serpa-----------III
56/57-F.C.Serpa-----------III
57/58-Sp.Covilhã----------II
58/59-Sp.Covilhã----------I
59/60-Sp.Covilhã----------I
60/61-Sp.Covilhã----------I
61/62-Sp.Covilhã----------I
62/63-Sp.Covilhã----------II
63/64-Sp.Covilhã----------II
64/65-Sp.Covilhã----------II
65/66-Sp.Covilhã----------II
66/67-Sp.Covilhã----------II
67/68-Sp.Covilhã----------II
68/69-Sp.Covilhã----------II
69/70-Sp.Covilhã----------II
70/71-Sp.Covilhã----------II


Retirado de http://algarvalentejo.blogspot.pt



Novidades no Castrense

e não é boa foi mais uma saida agora a de Igor Conceição , até quando vamos ter saidas neste FcCastrense de Mário Tomé.

Jogo treino do Atletico de reguengos


O Atlético vai efectuar um jogo treino este feriado, dia 1 de Novembro, com a Selecção Sub-19 da China que está a estagiar em Portugal.
O jogo está marcado para as 15h30m no Campo Virgílio Durão e terá entradas gratuitas.

Infantis - 2012/2013


A nossa equipa de Infantis treinada por Jorge Almeida e Rui Mendes venceu no passado Sábado o Bencatelense em Bencatel por 4-3 e  ocupa a 4ª posição da Série A do Campeonato com 3 pontos, os mesmos que o 2º e 3º classificados.
No próximo Sábado joga-se a 3ª jornada e o Atlético vai receber no Campo Quinta da Tapada a formação do Estremoz.  

Juniores convocados para Seleção Sub-20

Para o 2ºTreino foram convocados os seguintes jogadores do Núcleo:

André Raminhos

António Casanova
Ricardo Dias
Dário Silveira

19.15 na próxima sexta-feira em Arraiolos


FORÇA E GARRA

TRAQUINAS


O escalão mais novo de atletas do CFE iniciou este fim de semana a sua participação no projeto "Joga à Bola", este ano com novas regras que criaram muita polémica em redor das equipas que normalmente vêm participando, nomeadamente com a exigência da AF Évora em federar todos os atletas, o que diga-se de passagem nada trás de benéfico para estes jovens de 8 e 9 anos, bem como para as equipas, o único a beneficiar é mesmo a AFE.
Mesmo com todas as adversidades o CFE resolveu participar no projeto, caso contrario os principais prejudicados seriam mesmo as crianças que são as menos culpadas nesta "roda de interesses".
Os Traquinas do CFE deslocaram-se ao novo complexo desportivo do Corval, onde passaram mais uma tarde agradável a fazer aquilo que mais gostam, jogar futebol, mas destacamos o fato de haver poucas equipas no convívio, porque terá sido?
Somente para constar, o CFE disputou 6 jogos, tendo obtido 5 vitórias, 1 derrota, 40 golos marcados e 6 sofridos.

CFE VOLTA A PERDER

Mais uma jornada e mais uma derrota pela margem mínima, desta vez em casa do Calipolense. O encontro iniciou com um canto a favor do CFE que Fábio Tracanas não consegue finalizar ao primeiro poste e logo depois, aos 3 minutos, com o lance que decidiu o encontro, num contra ataque a bola é colocada nas costas de Ferro, que não consegue interceptar, acabando por aparecer Espanhol que não tem grandes dificuldades em bater Belchior. Depois do golo só deu CFE, com muita posse de bola, mas verdade seja dita não conseguiu criar lances de verdadeiro perigo para a baliza de Miguel. Excepção a essa tendência foi o lance que gerou muita polémica e continuamos a não entender a "decisão" do arbitro do encontro, quando na marcação de um livre por parte de Jójó descaido para a esquerda, este centra para a pequena área, saltam vários jogadores à frente do guarda redes da casa, o que lhe perturbou a ação, fazendo com que este defenda a bola com os pés, que sobra e Fábio Tracanas que consegue a recarga mesmo sofrendo falta de Miguel. O auxiliar, assim como o arbitro validam o golo, pois ambos encaminham-se em passo de corrida para o centro do terreno, contudo os jogadores da casa reclamam "falta" e colocam a bola no local onde pensam ter existido essa infração e seguem o jogo, inexplicávelmente o árbitro do encontro nada faz e o encontro segue como se nada se tivesse passado. Simplesmente ridiculo. Já bem perto do final da primeira parte o Calipolense dispõem de uma excelente oportunidade, mas Parraça não consegue finalizar isolado contra Belchior.
Para a segunda metade Carlitos fica no balneário entrando para o seu lugar Soares. Com o decorrer do jogo o Calipolense foi aproveitando o balanceamento dos encarnados para criar perigo em rápidos contra ataques, mas umas vezes por culpa de Belchior, outras por culpa dos defesas encarnados e outras por inoperância dos avançados da casa, o resultado não mais se alterou até final. Entraram ainda Pucarinhas e Fábio Silva para os lugares de Davide e João Nuno mas nada de novo trouxeram ao encontro.
Queriamos aqui deixar uma chamada de atenção ao trio de arbitragem e a quem os nomeia, pois para um encontro deste tipo o arbitro principal não pode ser o mais "maçarico" dos três, porque uma coisa é a inesperiência que deve ser adquirida em jogos dos escalões inferiores e só depois então quando adquirir algum "calo" é que deveria apitar jogos do escalão sénior, agora o que este rapaz demonstrou além da inesperiência foi uma grande falta de conhecimento das leis de jogo, aleada a uma grande falta de coragem para decidir nos momentos certos, porque por mais estranho que pareça acabou por prejudicar as duas equipas, contudo o CFE pode queixar-se pois teve interferência no resultado final com o golo anulado que ainda hoje ninguém sabe porquê. Não basta só ir para o jogo apenas com o objetivo de ganhar o dinheiro, tem que se ter brio naquilo que se faz e principalmente respeito por todos aqueles que são interveniente no jogo.
Próxima jornada o CFE desloca-se a Cabrela para defrontar uma das equipas que tem surpreendido até ao momento neste campeonato.

S.L. Benfica vem jogar a Borba!

Esta sexta-feira pelas 20h00, o Pavilhão Gimnodesportivo de Borba vai poder viver um momento histórico, pois recebe a visita do actual Campeão Nacional de Futsal, a poderosa equipa do S.L. Benfica, que vem a Borba realizar um jogo treino diante do Barbus Futsal, num jogo organizado pela Casa do Benfica de Vila Viçosa.


Para adquirir o seu bilhete, visite a Casa do Benfica de Vila Viçosa ou o Quiosque o Plátano em Borba, ou então dirija-se a um dos responsáveis da Casa do Benfica de Vila Viçosa ou do Barbus Futsal.

O custo será de 3,00€ para os sócios de qualquer uma destas duas entidades, e de 5,00€ para o publico em geral.
Atenção que a venda de bilhetes é limitada a 500 lugares, por isso não hesite e compre já o seu.

Este estágio da equipa encarnada surge devido à paragem no Campeonato que esta modalidade atravessa, pois começa esta semana o Campeonato do Mundo de Futsal e por isso os campeonatos nacionais param. O Benfica cedeu 3 jogadores à Selecção Nacional, são eles o Bébé, Gonçalo Alves e Marinho, e por isso estes 3 jogadores não marcarão presença no jogo em Borba, mas o restante plantel está presente neste estágio e por isso irão marcar presença no Pavilhão Gimnodesportivo de Borba.